Search
Close this search box.

Investigadores de Coimbra produzem circuitos elásticos e têxteis eletrónicos a baixo custo

Uma equipa de investigadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) desenvolveu uma nova técnica de produção de circuitos elásticos. Estes permitem imprimir adesivos eletrónicos que podem ser usados em diversas aplicações, tais como monitorização da saúde de doentes, a criação de pele artificial, e claro, na indústria têxtil para a criação de roupas e acessórios wearables que ajudam os atletas a registar a sua performance.

Unbabel faz parceria de investigação em Inteligência Artificial

A startup portuguesa estabeleceu um acordo de investigação com a Universidade de Carnegie Mellon, o INESC-ID e o Instituto de Telecomunicações para desenvolver tecnologia para serviços de ‘chat’ multilingues e, assim, melhorar a experiência do cliente.

 

 

AIDA: Projeto de €1,8 milhões para detetar fraudes em redes 5G com tecnologia portuguesa

Está em marcha um projeto de 1,8 milhões de euros para a criação de uma plataforma tecnológica, desenvolvida maioritariamente em Portugal, que permitirá a deteção de fraudes em redes da quinta geração de telecomunicações móveis (5G) por operadores de todo o mundo. O AIDA – acrónimo inglês para plataforma de Garantia Adaptativa, Inteligente e Distribuída – vai focar-se no chamado conceito de computação periférica (edge computing), no qual o processamento de informação acontece mais próximo do utilizador final ou da fonte de dados, e não num servidor central a centenas ou milhares de quilómetros de distância.